Saúde e Fiocruz anunciam para terça chegada de 2 mi de doses da AstraZeneca
23/02/2021

O Ministério da Saúde e o Instituto Fiocruz anunciaram hoje a chegada de mais dois milhões de doses da vacina contra covid-19 da Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica Astrazeneca. As doses, vindas da Índia, chegarão amanhã no Brasil. 

Os imunizantes, produzidos pelo Instituto Serum, da Índia, embarcaram na cidade indiana de Mumbai nesta segunda-feira e devem chegar ao aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo, às 6h55 de terça-feira. 

Após os trâmites alfandegários, as doses vão seguir para o Rio de Janeiro em voo da empresa Latam, e desembarcarão no aeroporto internacional do Galeão, na Ilha do Governador (zona norte). 
 
As vacinas serão encaminhadas para Bio-Manguinhos/Fiocruz, onde vão passar por conferência de temperatura e integridade da carga, receberão etiquetas com informações em português e terão amostras encaminhadas para análise de protocolo e liberação pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz). 
 
O processo acontecerá ao longo desta terça-feira e a previsão é de que as doses estejam prontas para distribuição ainda na madrugada de quarta-feira 

Em nota oficial divulgada hoje, o Ministério da Saúde informou que, na próxima semana, o Brasil deve receber mais dois lotes de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). Com o insumo, é esperada a produção de 12 milhões de doses da vacina produzida pela Fiocruz em parceria com a Oxford/Astrazeneca. 

"A iniciativa de importar mais doses é parte de uma estratégia paralela à produção de vacinas no Brasil, com o objetivo de aumentar a oferta de imunizantes frente ao quadro epidemiológico da covid-19 no país", explicou o Ministério da Saúde em nota. 

Doses de vacina no Brasil 

O Ministério da Saúde prevê mais de 230,7 milhões de doses de vacinas contra covid-19 disponíveis para imunização do povo brasileiro até o final do mês de julho. 

Totalizaremos até 31 de julho quase 231 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19, ou seja, o suficiente para dar mais tranquilidade de proteção à população contra essa doença", assegurou o ministro Eduardo Pazuello. 

(Com Agência Estado) 

Fonte: UOL




Obrigado por comentar!
Erro!
Contato
+55 11 3044 4440
+55 11 3045 5173
Av. Rouxinol, 84, cj. 92
Indianópolis - São Paulo/SP