Amil alerta para crescimento de urgências em saúde mental
22/07/2021

Desde o início da pandemia até maio deste ano, a operadora realizou mais de 6.500 atendimentos de urgência em saúde mental. Casos seguem crescendo

Isolamento social, medo do contágio da doença, preocupação em perder o emprego e a insegurança causada por quem perdeu renda são alguns dos possíveis motivos para o aumento no atendimento de casos relacionados à saúde mental. De acordo com uma pesquisa recente realizada pelo Instituto Ipsos, encomendada pelo Fórum Econômico Mundial, 53% dos brasileiros declararam que seu bem-estar mental piorou um pouco ou muito em 2020, em relação com o período anterior ao início da pandemia. O Brasil ocupa o quinto lugar com o pior resultado, sendo a Turquia em primeiro lugar com 61%, seguido por Chile e Hungria, ambos com 56% e Itália com 54%.

Desde o início da pandemia até maio deste ano, o canal de telessaúde da Amil registrou mais de 6.500 atendimentos de urgência em saúde mental. O maior pico de atendimentos foi em maio, com cinco vezes mais consultas que em janeiro de 2021. Além do atendimento de urgência, a operadora oferece acompanhamento integral para casos graves e complexos a partir de um programa de Saúde Mental com equipe multidisciplinar composta por psiquiatra, psicólogo, assistente social, enfermeiro e médico de família. Durante a pandemia, esse serviço registrou um aumento de demanda de 53%, com predominância de pacientes mulheres (71%) e idade média de 40 anos.

“Diante de um aumento substancial do número de casos de adoecimento mental em meio à uma pandemia, a telessaúde tem cumprido um papel fundamental no acompanhamento e manutenção do tratamento dos pacientes, verificando evidências de melhora ou de agravamento do quadro em tempo oportuno de intervenção”, explica a psicóloga e coordenadora do Programa de Saúde Mental da Amil, Nathalia Pereira.

Os beneficiários têm acesso à Telepsicologia por meio do site, aplicativo Amil Clientes ou pelo telefone Amil Ligue Saúde (0800-073-2121), onde passam por um atendimento prévio com um profissional da enfermagem e, caso seja identificada a necessidade de suporte emocional imediato, é direcionado para atendimento virtual com um psicólogo. O plantão de atendimento psicológico virtual funciona todos os dias, incluindo finais de semanas e feriados, das 7h às 22h.

Outra forma de acesso ao programa é pela landing page Amil Cuidado Certo (https://www.amilcuidadocerto.com.br/), em que é possível preencher um questionário para avaliação das necessidades de cuidado e receber orientação adequada. Na análise da Amil, a telessaúde despontou no período como uma solução eficiente para fazer frente ao cenário de crescimento de transtornos mentais, auxiliando a diagnosticar, acompanhar e evitar o agravamento de alguns quadros, garantindo acesso em tempo oportuno de intervenção.

A Amil oferece, desde 2018, um Programa de Saúde Mental que conta com uma equipe de profissionais composta por psiquiatra, psicólogo e assistente social, além do médico de família, que acompanha casos graves e complexos de forma integral. Hoje, o programa possui mais de 4.200 beneficiários inscritos, 50% a mais que no ano anterior.

Fonte: Segs




Obrigado por comentar!
Erro!
Contato
+55 11 3044 4440
+55 11 3045 5173
Av. Rouxinol, 84, cj. 92
Indianópolis - São Paulo/SP