OPT.DOC investe R$ 20 milhões para expandir atuação
28/01/2022

Depois de dobrar O número de clientes e a ocupação das salas em 2021, a OPT DOC - coworking de conceito inovador no País na área de saúde, que oferece equipamentos de ponta para médicos (otorrinos) e dentistas – decidiu expandir sua operação. A OPT DOC vai abrir duas novas unidades, que deverão iniciar as atividades ainda no primeiro semestre deste ano, além de outras quatro salas a serem inauguradas no espaço atual, totalizando 20 unidades para locação. Para isso, a startup vai investir R? 20 milhões até julho, com o apoio de investidores que viram, no modelo de consultório compartilhado, um negócio com grande potencial de crescimento. 

Fundada no primeiro semestre de 2020 pela arquiteta Patrícia Del Gaizo Maia, a partir de um investimento inicial de R? 4 milhões, a OPT DOC viu crescer rapidamente sua ocupação e o número de profissionais que aderiram ao seu modelo de consultórios compartilhados – mais de 300 médicos e dentistas fazem parte do grupo de clientes que utilizaram e estão utilizando o coworking, em comparação a 50 nos primeiros meses de atividade. Diante da perspectiva de que a demanda seguirá crescente, mesmo com o controle da pandemia da COVID-19, a OPT DOC decidiu ampliar a operação, e está em fase de concluir a compra de dois imóveis, cujo projeto de reforma se inicia este ano.

OPT DOC teve um bom desempenho durante a pandemia, na contramão do que ocorreu com os escritórios compartilhados, que sofreram um forte impacto com o isolamento social. E agora o momento é de ampliar ainda mais o número de usuários ", destaca Patrícia. 

 

A tendência de compartilhamento de escritórios e consultórios vem ganhando força pelas facilidades e vantagens que oferece. Entre eles: disponibilidade de equipamentos de ponta a um custo zero de investimento; a adoção de um modelo mais flexível e que permite a troca dos custos fixos por custos variáveis; o fato de dispensar as preocupações com as burocracias e a gestão de um consultório próprio; a possibilidade de contar com equipes treinadas e de ter um ambiente de networking. 

“É uma opção mais inteligente e adequada ao perfil atual do mundo do trabalho e da economia”, destaca a sócia-fundadora da OPT DOC. “Esses profissionais perceberam a vantagem do modelo, e decidiram adotar definitivamente o nosso coworking.”

Contando hoje com oito salas-padrão e 12 especialmente formatadas para os dentistas, a OPT DOC vem crescendo tanto em número de horas locadas para os clientes existentes, quanto com o número de novos clientes - em torno de 30 a cada mês -, atraídos pelas vantagens de operar no modelo de consultório compartilhado.

O objetivo da OPT DOC é tornar a vida dos médicos e dentistas mais confortável, oferecendo a eles espaço, estrutura, equipamentos avançados, auxiliares treinadas e segurança. “Nossos clientes não precisam se preocupar com a gestão e administração do consultório. Fazemos tudo para que o profissional de saúde fique totalmente focado em atender seu paciente ", explica Patrícia. 

Além disso, a OPT DOC conta com uma infraestrutura e equipamentos de ponta, suprindo uma necessidade dos profissionais da área de saúde que buscam reduzir o custo na compra, atualização ou manutenção dos aparelhos, ou mesmo que não teriam acesso a equipamentos de última geração e de custo elevado. 

Entre os diferenciais do coworking estão uma central de imagens com fluxo digital completo para odontologia (sistema CAD- CAM) no local e equipamento completo de raio x pan-tele e tomografia, para criação de documentação ortodôntica e um moderno tomógrafo, o Platinum i-CAT, cuja tecnologia permite a simulação de planos de tratamento e a visualização, em imagens 3D, dos efeitos e resultados que serão gerados nas possíveis modificações dentárias e esqueléticas planejadas. No espaço, há ainda uma sala para cursos, vestiário médico, lockers (para que cada profissional guarde seus materiais, instrumentais odontológicos e equipamentos, quando não está com a sala alugada), conforto médico e espaço café.

 

O valor de locação varia de acordo com os equipamentos utilizados e a especialidade, situando-se entre R? 80,00 e R? 165,00 por hora. Neste valor, ainda estão inclusos o trabalho de uma assistente de sala treinada pela OPT DOC e serviço de recepção. Foi criada uma plataforma digital da OPT DOC, que controla a utilização do coworking, além dos check in e check out dos médicos e dentistas até a agenda de salas e profissionais. 

O coworking possui parcerias com serviço para reembolso de consultas da Regulacare e serviços financeiros para médicos e dentistas da fintech Edanbank. 
 





Obrigado por comentar!
Erro!
Contato
+55 11 3044 4440
+55 11 3045 5173
Av. Rouxinol, 84, cj. 92
Indianópolis - São Paulo/SP