Lucro da Rede D’Or São Luiz cai 43,5% no 1º tri, para R$ 210,5 milhões; receita bruta é recorde
13/05/2022

A Rede D'Or São Luiz registrou lucro atribuído aos controladores de R$ 210,5 milhões no primeiro trimestre deste ano, queda de 43,5% em relação ao mesmo período de 2021. 

Segundo a rede de hospitais, o indicador foi impactado pela piora do resultado financeiro, que ficou negativo em R$ 559,1 milhões no trimestre, refletindo a alta das despesas com a elevação da taxa de juros. 

 

Já a receita líquida ficou 13,8% acima do reportado um ano antes, somando R$ 5,37 bilhões entre janeiro e março. A receita bruta foi recorde, diz a Rede D’Or, totalizando R$ 5,98 bilhões, alta de 12,7% na base anual. 

A receita bruta da oncologia avançou 23,9% entre os trimestres, para R$ 503,4 milhões, enquanto o segmento de hospitais teve alta de 11,8% na receita bruta, para R$ 5,47 bilhões. 

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) entre janeiro e março ficou em R$ 1,14 bilhão, leve alta de 0,6%, com margem de 21,2%, queda de 2,8 pontos percentuais (pp). 

Segundo a rede hospitalar, o resultado do Ebitda foi pressionado pela queda de 1,4 pp na taxa de ocupação de leitos, resultando em desalavancagem operacional. Houve também uma alteração no perfil médio de tratamentos, em virtude do volume elevado de casos brandos observados no trimestre em decorrência da disseminação da variante ômicron do novo coronavírus. 

A Rede D’Or encerrou março com 11.012 leitos, 21,9% acima do total reportado um ano antes, com 9.352 leitos em operação. Os valores não repassados por operadoras de saúde, as chamadas glosas médicas, somaram R$ 272,6 milhões, alta de 1,3% em relação ao primeiro trimestre de 2021.

 

Fonte: Valor




Obrigado por comentar!
Erro!
Contato
+55 11 3044 4440
+55 11 3045 5173
Av. Rouxinol, 84, cj. 92
Indianópolis - São Paulo/SP