Emprego na saúde privada chega ao maior nível em oito meses
15/03/2018
O fluxo de emprego na cadeia da saúde suplementar atingiu o maior nível em oito meses, conforme o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS). O saldo positivo foi de 10,6 mil contratações em janeiro, representando 13% de todas as contratações feitas no País. 

O Sudeste foi a região onde houve maior crescimento de empregos, com saldo positivo de 7 mil vagas, seguida pelas regiões Sul e Centro-Oeste, com quase 2 mil novas contratações cada uma.

Fornecedores. Em destaque estão os empregos em empresas fornecedoras – fabricantes de equipamentos e suprimentos médicos – que tiveram alta de 2,5% na geração de emprego nos últimos doze meses encerrados em janeiro. Os prestadores de serviço – como clínicas e hospitais e que mais empregam na cadeia de saúde – tiveram alta de 2,2% nos empregos.




Obrigado por comentar!
Erro!
Contato
+55 11 3044 4440
+55 11 3045 5173
Av. Rouxinol, 84, cj. 92
Indianópolis - São Paulo/SP