Hospital Moinhos de Vento realiza evento científico para celebrar importantes avanços do Serviço de Cardiologia
08/06/2018
No último ano, o Hospital Moinhos de Vento investiu cerca de R$ 4 milhões em tecnologia e remodelação do Serviço de Cardiologia, Cirurgia Vascular e Cardíaca. O investimento mais recente foi a chegada de um angiógrafo, o segundo da instituição, equipamento de ponta importado da Alemanha capaz de fazer exames e procedimentos cardíacos e vasculares ainda mais precisos.

Para comemorar estes importantes aprimoramentos e a ampliação do parque tecnológico, foi realizada na noite da segunda-feira (4) o evento “Inovações trazendo soluções: onde estamos e para onde vamos?”. O encontro contou com a presença de especialistas de referência no Brasil que abordaram as novidades mais recentes na área da Cardiologia.

Na abertura, o superintendente Executivo, Mohamed Parrini, salientou que desde a implantação do Serviço, em 2004, muitos avanços audaciosos e significativos já foram realizados. “Sempre buscamos nos adaptar às necessidades, com a continuidade do nosso propósito em oferecer medicina de ponta. Temos o desafio e a missão de fazer o que é correto, levantando a nossa bandeira institucional de excelência e oferecendo aqui o que há em outros hospitais referência”, ressaltou, ao parabenizar o empenho dos profissionais na contribuição dos avanços alcançados.

Para Luiz Antonio Nasi, superintendente Médico, o hospital passa por um importante momento de decisões de investimento, proporcionando um ambiente multifacetado e de múltiplas atividades. “Inovação e investimentos para prestar atendimento de qualidade e de ponta. Esse é o caminho para a melhor medicina”, disse. A chefe do Serviço de Cardiologia, Carisi Polanczyk, lembrou que equipes e processos bem alinhados também melhoram a eficiência para a entrega de resultados, beneficiando os pacientes com os recursos disponíveis.

A abertura do evento tratou sobre a “Intervenção em Cardiopatia Estrutural: Estado Atual e Perspectivas Futuras”. Fabio Sandoli de Brito Jr., cardiologista intervencionista no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e professor livre docente da Universidade de São Paulo (USP), foi o palestrante. O médico apresentou técnicas que tiveram mudanças importantes nos últimos 15 anos, beneficiando pacientes com doenças cardíacas estruturais relacionadas com válvulas e músculo cardíaco.

“Tudo mudou. Temos métodos de imagem, estudos clínicos revisando a ampliação de indicação de procedimentos que antes eram realizados apenas em pacientes de alto risco. Importantes periódicos afirmam que há necessidade de se definir centros de excelência no tratamento de doenças cardíacas”, reforçou Brito Jr., que também é coordenador do Núcleo de Intervenção em Cardiopatia Estrutural do Instituto do Coração (Incor).

O segundo convidado, André D’Ávila, diretor do Serviço de Arritmia do Hospital S.O.S. Cárdio, de Santa Catarina, apresentou novidades que buscam reconstruir a fisiologia do padrão de ativação normal do coração, especialmente o marcapasso do Sistema His Purkinje. A técnica inovadora busca impedir a insuficiência cardíaca que pode ser gerada por implante de marcapassos convencionais.

No encerramento da programação, foram apresentadas as inovações em Radiologia Intervencionista, técnicas e indicações disponíveis recentemente no Serviço do Hospital Moinhos de Vento. 

Sobre o Serviço de Cardiologia

O Serviço de Cardiologia, Cirurgia Vascular e Cardíaca do Hospital Moinhos de Vento tem como missão ser um centro de referência em cardiologia em todos os níveis de complexidade, de elevada qualidade, baseado em prática profissional dentro de rigoroso padrão ético e técnico, sendo o foco o cuidado ao paciente.
Fonte: Anahp




Obrigado por comentar!
Erro!
Contato
+55 11 3044 4440
+55 11 3045 5173
Av. Rouxinol, 84, cj. 92
Indianópolis - São Paulo/SP