Hospital Santa Izabel utiliza técnica segura e inovadora para correção de arritmia cardíaca
10/09/2018
Já recebeu alta a primeira paciente a realizar uma correção de arritmia cardíaca por crioablação no Hospital Santa Izabel. A técnica, considerada mais segura por oferecer um menor risco de complicações, torna possível a intervenção sem comprometer as áreas ao redor. O tratamento foi utilizado em uma paciente de 34 anos que sofria com a Síndrome de Wolf Parkinson White e tinha crises de aceleração e taquicardia no coração. Após a alta, ocorrida menos de 24 horas depois da realização da intervenção, a paciente pôde ir pra casa completamente curada, sem o risco de novas crises de arritmia.

“A técnica de crioablação é recomendada para situações em que o ponto gerador da arritmia tem localização delicada e oferece possibilidade de complicações. Nesse caso, havia risco de bloqueio no coração da paciente”, explica o eletrofisiologista Alessandre Caputo Rabello, um dos responsáveis pelo procedimento realizado no Serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista do Santa Izabel ao lado dos especialistas Maurício Lyra, Thais Aguiar Nascimento e Felipe Dourado Marques.

A crioablação é uma técnica inovadora que chegou ao Brasil há menos de dois anos. Ela é indicada para casos específicos e age resfriando o tecido cardíaco à uma temperatura de -73 graus Celsius. A técnica normalmente utilizada é a ablação por radiofrequência, que esquenta o tecido cardíaco. “A vantagem da crioablação está em oferecer mais segurança, sem o risco de lesionar as estruturas adjacentes”, relata Rabello.
Fonte: Anahp




Obrigado por comentar!
Erro!
Contato
+55 11 3044 4440
+55 11 3045 5173
Av. Rouxinol, 84, cj. 92
Indianópolis - São Paulo/SP