Hospital aplica novo conceito de treinamento
25/10/2018

A Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo empregou o jogo “Escape Room” como uma nova estratégia de treinamento para os seus profissionais de enfermagem.

Originalmente, a proposta do jogo é que um grupo de pessoas confinadas em uma sala desvende enigmas para conseguir escapar do cenário proposto em um determinado tempo, geralmente 60 minutos.

Ao invés de situações sobrenaturais ou de terror, habituais nos jogos de escape, o conceito foi utilizado pelo Hospital como um exercício de preparação para ocorrências importantes.

O objetivo da ação é disseminar e reforçar, entre a equipe de Enfermagem da Clínica Médica, Cirúrgica e Oncológica, informações sobre o Protocolo de Acionamento do Código Amarelo, ou seja, sinal para evitar paradas cardiorrespiratórias (PCR).

Para isso, um auditório foi preparado para simular um quarto de hospital com um paciente que precisaria de ajuda, como afirmou Fabiana Alves da Conceição Melo, Coordenadora do Serviço de Educação Continuada e Corporativo da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo. “

Ao entrar, a equipe recebe a informação de que o paciente foi envenenado e que, caso venha a óbito, liberará um gás tóxico contaminando todo o quarto em segundos. Para evitar isso, a equipe deve resolver uma série de enigmas que foram escondidos por todo o local dentro de um prazo de 30 minutos apenas”, explicou.

Cada enigma tinha como resposta uma palavra. No final da experiência, elas formaram uma frase. “Os participantes descobrem, ao fim, que seguindo o procedimento do Código Amarelo corretamente poderão salvar o paciente e sair do quarto”, comentou a coordenadora.

A estratégia do Escape Room faz com que os profissionais da saúde estejam preparados para detectar precocemente alterações de sinais vitais que os pacientes do Hospital São Camilo apresentam antes de sofrer uma parada cardiorrespiratória.

Além disso, a ação também permite que os funcionários desenvolvam algumas habilidades comportamentais, como empatia, cooperação, interação, relacionamento interpessoal, trabalho em equipe e gestão de crise.

O treinamento, desenvolvido pelo Serviço de Educação Continuada e Corporativo e pelo Grupo de TRR (Time de Resposta Rápida), foi feito durante a Semana do TRR, que aconteceu entre os dias 8 e 10 de outubro.

Ao todo, participaram do treinamento 570 pessoas da equipe de enfermagem da Rede de Hospitais. De acordo com Fabiana, “a experiência foi um sucesso, os participantes amaram e elogiaram muito a ideia”.

Fonte: DCI




Obrigado por comentar!
Erro!
Contato
+55 11 3044 4440
+55 11 3045 5173
Av. Rouxinol, 84, cj. 92
Indianópolis - São Paulo/SP