Diabetes tipo 2
16/01/2019

Segundo a Federação Internacional de Diabetes (IDF), o Brasil é o quarto país com maior número de pessoas com diabetes no mundo. A doença, que é considerada uma epidemia global pela Organização Mundial de Saúde (OMS), atinge cerca de 425 milhões de pessoas no mundo, sendo 14 milhões no Brasil. Mas até 2030, a estimativa é que 522 milhões de pessoas sejam afetadas mundialmente. Com números tão alarmantes, ressaltamos a importância dos cuidados com a saúde, para minimizar as consequências causadas pelo diabetes.

Entre os dois tipos – tipo 1, onde o corpo não consegue produzir insulina normalmente, e o tipo 2, causado principalmente pela resistência à insulina, 90% dos casos são do tipo 26, conhecido também como diabetes mellitus tipo 2 (DM2).

Dhiãnah Santini, endocrinologista do Hospital Procardíaco RJ, explica que “pacientes que possuem pressão alta, colesterol alto, sobrepeso ou obesidade, têm histórico familiar da doença ou foram diagnosticados com pré-diabetes, correm um risco maior de desenvolver a doença, e por isso, precisam de um cuidado redobrado no controle desses fatores”. Dhiãnah diz ainda que, “enquanto o paciente estiver na taxa correspondente ao pré-diabetes, é possível controlar a glicose no sangue e sair da zona de risco, com o devido tratamento e acompanhamento médico”.

Fonte: Anahp




Obrigado por comentar!
Erro!
Contato
+55 11 3044 4440
+55 11 3045 5173
Av. Rouxinol, 84, cj. 92
Indianópolis - São Paulo/SP