Notícias falsas podem prejudicar diagnóstico e tratamento do câncer
19/02/2019

Não são poucos os boatos que circulam na Internet sobre a prevenção e a cura para o câncer, doença que deve atingir mais de 1,2 milhão de pessoas no biênio 2018/2019, segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Acreditar nessas notícias pode trazer graves consequências para pacientes oncológicos, dificultando o tratamento e agravando o já frágil quadro de saúde. Por isso, no mês em que é comemorado o Dia Mundial do Câncer, o Ministério da Saúde reuniu 15 notícias falsas sobre a doença recebidas pelo “Saúde Sem Fake News”, um canal aberto com a população, pelo WhatsApp, para esclarecimento de notícias falsas.

Por meio da ferramenta, qualquer cidadão pode enviar mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação procede, antes de continuar compartilhando. O número para envio de mensagens é o (61) 9-9289-4640.

Confira aqui os esclarecimentos do Ministério da Saúde sobre algumas das notícias falsas recebidas pelo “Saúde Sem Fake News”.





Obrigado por comentar!
Erro!
Contato
+55 11 3044 4440
+55 11 3045 5173
Av. Rouxinol, 84, cj. 92
Indianópolis - São Paulo/SP