Amil descredencia 17 hospitais
30/04/2019
A Amil, maior operadora de planos de saúde com 3,6 milhões de usuários, propôs a vários hospitais um modelo de remuneração em que os procedimentos médicos têm valores fixos, com base nos preços praticados no ano passado e desconto. A operadora se dispôs a negociar e pagar as possíveis diferenças após três meses. A proposta desagradou aos hospitais que recebem, em média, 85 dias após a data de realização dos procedimentos. Com isso, a remuneração acabaria sendo feita após seis meses, segundo o Valor apurou.
Fonte: Valor




Obrigado por comentar!
Erro!