Setor de Dispositivos Médicos desacelera no primeiro trimestre
23/07/2019

Crescimento foi de 0,5%, com alta de 9,9% na produção doméstica e recuo de 5,7% nas importações

O Boletim Econômico da Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde – ABIIS – revela que o setor de Dispositivos Médicos cresceu 0,5% no primeiro trimestre de 2019, comparado a igual período do ano passado. O número positivo é resultado, principalmente, da produção doméstica, que teve alta de 9,9%. Já as importações recuaram 5,7%, com um total de US$ 1,3 bilhão em negócios. No acumulado de 12 meses, o setor apresenta alta de 14,2% nas importações e 7,9% nas exportações.

“Apesar da desaceleração no crescimento, os resultados são satisfatórios, diante da realidade econômica do país e queda acumulada de 0,7% na produção industrial brasileira, nos três primeiros meses do ano, comparado com o quarto trimestre de 2018”, afirma o diretor-executivo da ABIIS, José Márcio Cerqueira Gomes. “A alta no número de novos hospitais e serviços de diagnóstico explica o crescimento. Entre janeiro e março deste ano, foram abertos 280 novos estabelecimentos dedicados à atividade de complementação de serviços de diagnóstico e terapia e 44 hospitais”, analisa.

Em 2019, foram abertas 1850 vagas nas atividades industriais e comerciais do setor de Dispositivos Médicos, totalizando o contingente de 140.790 trabalhadores no setor, número que não inclui os empregados em serviços de complementação diagnóstica e terapêutica. Entre os segmentos, destaca-se a criação de 917 postos de trabalho na ‘Indústria de instrumentos e materiais para uso médico e odontológico e de artigos ópticos’.
“Estamos apostando em um segundo semestre melhor, com investimentos no setor. Há indícios de crescimento em fusões e aquisições em diversas áreas, inclusive na Saúde. Em 2018, foram 43 fusões e aquisições no segmento, 10 a mais que em 2017. Esta é uma tendência”, avalia José Márcio Cerqueira Gomes.

O Boletim ABIIS é desenvolvido pela Websetorial Consultoria Econômica.

Sobre a ABIIS

A Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde – ABIIS nasceu em 2011, da união das entidades Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde – ABIMED, Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde – ABRAIDI e Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial – CBDL; interessadas em produzir e difundir conhecimento e propostas ligados ao ambiente social, econômico e normativo próprio para o florescimento da inovação em Saúde no Brasil. Com o apoio da Advanced Medical Technology Association – AdvaMed, a ABIIS é formuladora de propostas para aprimoramento de políticas públicas em saúde de uma maneira ampla e sustentável para o Estado e a sociedade. A ABIIS trabalha com foco em cinco pilares: Incorporação Racional de Tecnologias, Ambiente de Negócios Ético, Redução dos Custos da Saúde no Brasil, Aprimoramento Institucional dos Reguladores e Regulação Inteligente.





Obrigado por comentar!
Erro!