WEG adquire negócio de softwares digitais
04/09/2019
A catarinense WEG anunciou ontem a aquisição do controle da PPI-Multitask, especializada em soluções completas para a Indústria 4.0. O movimento marca a entrada definitiva da companhia, que se consolidou como um dos principais nomes do mundo em automação, no setor de softwares industriais e negócios digitais.
 
Os termos financeiros do acordo são confidenciais. Nesse primeiro momento, a WEG ficará com 51% do negócio, com a opção de comprar até 100% da PPI-Multitask nos próximos três anos.

"Com esse movimento, a WEG se consolida em soluções para a Indústria 4.0", disse Carlos José Bastos Grillo, diretor de Negócios Digitais da WEG, divisão que ganhou uma nova estrutura em junho justamente para acelerar o desenvolvimento de soluções em softwares que poderão ser usados junto com os produtos tradicionais da companhia. A ideia é que os clientes possam encontrar o "pacote completo" para suas necessidades com a fabricante.
Até o momento, a WEG desenvolve softwares customizados para o caso de cada cliente. O diferencial da PPI-Multitask é sua especialização nas chamadas soluções MES (sigla em inglês para sistemas de execução de manufaturas). Segundo Grillo, o MES é "a espinha dorsal" da Indústria 4.0, pois possibilita o monitoramento dos processos produtivos em tempo real. "Por exemplo, se uma máquina começa a apresentar desvios, em poucos minutos o MES pode tomar a decisão de fazer uma mudança ou disparar a solicitação de manutenção."

O MES não é uma tecnologia nova, mas ganhou importância com a chegada cada vez maior da Indústria 4.0. Segundo Grillo, a WEG desenvolveu um sistema interno para aperfeiçoar seus próprios sistemas produtivos. "De alguma forma isso nos ajudou a enxergar o quanto o MES faz diferença no controle da automação. E também nos motivou a encontrar uma empresa na qual pudéssemos investir", disse.

O movimento faz parte da estratégia anunciada em junho de foco também nos negócios digitais. "A aquisição foi um primeiro movimento de uma série de planos que temos. Sempre acreditamos que o MES era uma base, um software fundamental para que possamos expandir em outras frentes que já possuímos e também em outras que queremos desenvolver", disse Grillo.

Para o futuro, a WEG avalia novas aquisições de ativos na área digital, desde que sejam alinhadas com sua estratégia e que tenham o padrão de retorno exigido pela companhia. Além disso, existe um grupo de pessoas dentro da companhia trabalhando no desenvolvimento e ampliação dos produtos já em mãos, a fim de garantir maior conectividade com o tema da Indústria 4.0. Com a aquisição anunciada ontem, a companhia espera ter maior flexibilidade e abrangência aos produtos oferecidos ao mercado.

A expectativa da companhia, com essa guinada no mundo digital, é alavancar os negócios. "Entrando nesse segmento, com essa aquisição, acreditamos que o nome da WEG também será lembrado para essas necessidades. Isso inevitavelmente vai trazer novos negócios para produtos tradicionais da WEG", disse Grillo.

Fundada em 1992 em São Paulo, a PPI-Multitask tem experiência na integração de sistemas de automação para controles de máquinas e processos industriais. A WEG, por sua vez, tem atuação cada vez mais global, e se destaca principalmente no setor de bens de capital. No primeiro semestre do ano, a companhia registrou faturamento de R$ 6,2 bilhões, crescimento de 10,9%.
 
Fonte: Valor




Obrigado por comentar!
Erro!