10ª Jornada Internacional de Trauma acontece em RJ, DF e SP
04/10/2019

Hospitais promoveram discussões relevantes sobre as principais novidades para essa especialidade no mundo

Entre os dias 20 e 21, os hospitais pertencentes à Rede Ímpar – Hospital São Lucas Copacabana e Complexo Hospitalar de Niterói (CHN), no Rio de Janeiro; Hospital Brasília, no Distrito Federal; e Hospital 9 de Julho e Hospital Santa Paula, em São Paulo – promoveram a 10ª Jornada Internacional de Trauma, respectivamente, em suas regiões, cujo tema central foi “Avanço na Qualidade do Atendimento ao Trauma”. Na oportunidade, os palestrantes e convidados debateram as principais novidades da área e as boas práticas do setor no mundo e apresentaram casos de catástrofes nacionais, como o rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais, onde centenas de pacientes politraumatizados precisaram de atendimento emergencial.

Os convidados internacionais, dr. Lance Stuke (EUA), professor associado de cirurgia clínica, Seção de Cirurgia de Trauma e Cuidados Intensivos da Escola de Medicina de Nova Orleans, e dr. Will Chapleau (EUA), gerente do programa ATLS no American College of Surgeons em Chicago, compartilharam um panorama das abordagens médicas a pacientes politraumatizados no mundo.

O resgate e o atendimento pré-hospitalar às vítimas de trauma em desastres de grandes proporções, como o da barragem de Brumadinho, que aconteceu em janeiro deste ano, foram temas das palestras do coronel PM Jeferson de Melo e do tenente Ricardo Alves Barbosa, do Grupamento de Emergência Ambiental e Respostas a Desastres de Minas Gerais.

Especialistas em trauma e lideranças do Corpo de Bombeiros, do Grupo de Resgate e Atendimento às Urgências (GRAU) e do SAMU, entre outras instituições, abordaram temas importantes como o manejo de pacientes em estado crítico; resgate e salvamento em áreas urbanas; violência doméstica; queimaduras; e trauma no idoso, entre outros assuntos.

Fonte: Anahp




Obrigado por comentar!
Erro!