Com mesma tecnologia, médicos administram consultório e atualizam conhecimento
18/10/2019

Medicina Direta, fornecedora de prontuário eletrônico, fez parceria com InforMED para disponibilizar conteúdo clínico em sua plataforma

É indiscutível que a tecnologia remodelou o setor de saúde. Hoje, os médicos possuem diversas ferramentas que os auxiliam no dia a dia, tanto no tratamento dos pacientes quanto na gestão de seu consultório. A questão é saber quais fontes são importantes e como ter acesso a estes recursos em uma mesma plataforma.

Uma pesquisa realizada pela agência McCann Health com médicos brasileiros reforça essa ideia: 99% dos profissionais de saúde acreditam que a tecnologia facilitou o trabalho clínico. O principal benefício é a possibilidade de se manter atualizado às tendências na área: 85% deles utilizam a Internet para realizar cursos online.

Ter acesso a estas tecnologias otimiza e melhora o atendimento ao paciente. O estudo TIC Saúde 2018, realizada pelo Cetic.br (Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação), mostra que quatro em cada dez médicos brasileiros reduziram a carga de trabalho com o uso de computador e acesso à Internet durante as consultas.

“O prontuário eletrônico tem que ser mais do que um repositório de dados. Assim, podemos auxiliar ainda mais os profissionais de saúde”, explica Tiago Delgado, sócio-fundador da Medicina Direta.

A empresa, especializada em gestão e serviços digitais para clínicas e consultórios, fez parceria com InforMED, plataforma da editora Manole totalmente em português que disponibiliza informações sobre interações medicamentosas, artigos, publicações e até aulas em vídeo aos usuários.

Dessa forma, os usuários podem acessar os conteúdos diretamente do prontuário eletrônico. O objetivo é auxiliar médicos e demais profissionais a realizarem atendimentos com mais rapidez e qualidade, oferecendo uma fonte de informação confiável, segura e acessível no próprio sistema da empresa.

“No futuro, estamos trabalhando para que seja possível cruzar as informações clínicas do paciente com o conteúdo do InforMED para otimizar ainda mais o atendimento”, conclui Delgado.





Obrigado por comentar!
Erro!