Nova vacina contra covid-19 se mostra segura, diz farmacêutica chinesa
29/06/2020

A farmacêutica chinesa Sinopharm afirmou que sua vacina desenvolvida contra o novo coronavírus é segura e se mostrou capaz de criar anticorpos fortes nas fases 1 e 2 de testes. Todos os participantes da testagem receberam duas doses da vacina com intervalos de 3 a 4 semanas e desenvolveram anticorpos capazes de neutralizar o vírus.

A notícia foi divulgada pouco depois de o mundo chegar a marca de 10 milhões de casos da covid-19 sem nenhum tratamento ainda aprovado para uso regular, de modo que todos os tratamentos são considerados experimentais.

Os testes clínicos para a vacina da Sinopharm começaram em 27 de abril, com 1.120 voluntários, de forma randomizada, ou seja, com integrantes escolhidos de forma aleatória. A pesquisa também foi duplo-cega, o que implica que nem os pesquisadores e nem os pacientes sabiam o que estava sendo administrado contra a doença — uma das formas mais assertivas de comprovar a eficácia de um estudo. Havia ainda um grupo que recebeu a versão em placebo da vacina.

A empresa está expandindo a capacidade de fabricação de vacinas contra o SARS-CoV-2. Segundo a farmacêutica, as fábricas em Wuhan e Pequim conseguem produzir pelo menos 200 milhões de doses de uma eventual proteção. Essa é a segunda vacina desenvolvida pela companhia e a primeira a demonstrar resultados positivos.

A empresa está expandindo a capacidade de fabricação de vacinas contra o SARS-CoV-2. Segundo a farmacêutica, as fábricas em Wuhan e Pequim conseguem produzir pelo menos 200 milhões de doses de uma eventual proteção. Essa é a segunda vacina desenvolvida pela companhia e a primeira a demonstrar resultados positivos.

Fonte: Exame




Obrigado por comentar!
Erro!
Contato
+55 11 3044 4440
+55 11 3045 5173
Av. Rouxinol, 84, cj. 92
Indianópolis - São Paulo/SP