Durante a pandemia, Grupo RCS ultrapassa a marca de 10 milhões de beneficiários
30/06/2020

A Telemedicina e a teleorientação impulsionaram o crescimento de empresas do Grupo RCS no último mês devido à Covid-19. Equipe de profissionais contratados quintuplicou.

O grupo mineiro Rede de Cuidados em Saúde, RCS, atingiu na última semana a marca dos 10 milhões de beneficiários com as plataformas EuSaúde, solução de monitoramento online e NEAR Telemedicine, startup de telemedicina do grupo. O que motivou o crescimento exponencial foram os serviços adaptados para o enfrentamento da crise da covid19.

Diferentemente de outros ramos de negócios que estão enfrentando um período difícil devido à pandemia de novo coronavírus, empresas inovadoras da área da saúde vivem uma fase de plena expansão. As empresas Near Telemedicine e EuSaúde já exisitam no mercado e viram a demanda crescer praticamente da noite para o dia, ao se adaptarem para atender o projeto Covid19 do grupo.

Em um mês de operação, as plataformas do Grupo RCS chegou a realizar 42 mil atendimentos. Mais de 2 milhões de mensagens foram trocadas entre os atendentes e beneficiários, vindos de empresas, operadoras, contratantes do setor público e venda direta. O grupo, que viu a equipe quintuplicar nas últimas semanas hoje conta com mais de 40 atendentes e se consolidou como provedora de serviços de telemedicina para grandes empresas.

De acordo com Ricardo Cabral, CEO do Grupo RCS e coordenador do projeto EuSaúde, os números revelam que a demanda pelos serviços de teleorientação e telemonitoramento já existia e foi evidenciada em um momento muito oportuno. “O Grupo RCS vem, há anos, investindo em tecnologia e inovação na Saúde por acreditar que a evolução de processos seria necessária para garantir o cuidado e a assistência integral ao paciente. Esse momento chegou e nos sentimos orgulhosos em estar preparados para enfrentar o período em plena capacidade de funcionamento”, disse.





Obrigado por comentar!
Erro!