São Paulo passa a marca de 300 mil pessoas infectadas pelo coronavírus
03/07/2020

São Paulo passou a marca de 300 mil casos confirmados de covid-19 nesta quinta-feira, 2. Os dados foram divulgados pela Secretaria da Saúde.

O estado tem um total de 302.179 infectados e 15.351 mortes causadas pelo coronavírus. Em 24 horas registrou mais 321 vítimas e 12.244 novos casos, um recorde desde o início da pandemia.

Neste balanço não é levado em conta o dia 19 de junho em que foram contabilizados mais de 19 mil casos mas que estavam represados por um problema técnico no sistema.

De acordo com o secretário da Saúde, José Henrique Germann, os estudos feitos pelo governo tinham projetado que a pandemia atingiria estes patamares entre o fim de junho e começo de julho.
 

“Nosso estudo previa que até 290 mil pessoas seriam infectadas no estado e as mortes poderiam chegar em 18 mil”, disse Germann em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

O estado de São Paulo é o que registra mais casos de coronavírus no Brasil. Se fosse um país, seria o sexto mais atingido no mundo. Em relação a mortes, estaria em nono lugar, segundo dados da Universidade Johns Hopkins.

A pandemia já apresenta alguma estabilização na capital paulista, mas o cenário fica cada vez mais preocupante no interior de São Paulo. Reflexo disso é que, no mês de junho, a capital registrou menos mortes diárias do que o interior.
 

Bairros pobres da capital são os mais atingidos

O coronavírus na cidade de São Paulo infecta mais os moradores dos bairros pobres, com menor escolaridade e a população negra, como mostra uma nova pesquisa realizada na capital paulista com a coleta de amostras de sangue.

A presença de anticorpos foi verificada em 6,5% da população nos distritos mais ricos. Na população de distritos mais pobres, em 16%, segundo as amostras colhidas entre os dias 15 e 24 de junho.

Estado pode ter até 8 mil mortes em julho

A Secretaria de Saúde divulgou nesta quinta-feira uma projeção de como deve estar o número de casos e de mortes por covid-19 no mês de julho.

Os estudos estimam que o número de infectados pelo SARS-CoV-2 varie entre 355 mil e 470 mil. O governo prevê ainda que entre 18 mil e 23 mil pessoas percam a vida em decorrência do coronavírus. Ou seja, seriam de 3 a 8 mil vítimas no período de 30 dias.

Fonte: Exame




Obrigado por comentar!
Erro!
Contato
+55 11 3044 4440
+55 11 3045 5173
Av. Rouxinol, 84, cj. 92
Indianópolis - São Paulo/SP